Motos elétricas “saem” do site da Harley-Davidson

Motos elétricas “saem” do site da Harley-Davidson

A página dedicada aos futuros lançamentos da marca deixou de exibir alguns modelos. O futuro da LiveWire pode estar em risco.

A Harley-Davidson removeu as suas motos elétricas conceito da página dedicada aos futuros lançamentos no seu site oficial, criando dúvidas sobre o destino dos modelos movidos a baterias, incluindo a LiveWire. A página varia dependendo do mercado, mas até recentemente, a dos EUA mostrava a Pan America, as motos elétricas Serial 1, o modelo High Performance Custom e os conceitos elétricos da empresa.

Outra moto que já tinha sido retirada da página é a Bronx, a inédita naked da Harley-Davidson que não deve sair do papel. De acordo com o site norte-americano Motorcyle.com, durante o mês de dezembro, as motos elétricas também foram retiradas. Alguns modelos ainda aparecem na seção das motos elétricas, mas deixaram de constar nos sites dos EUA, Canadá e Reino Unido.

De acordo com a publicação, estas mudanças sugerem que a empresa pode estar a distanciar-se dos seus planos originais para motos elétricas. No mês passado, rumores nos EUA sugeriam que até mesmo a LiveWire, única elétrica da Harley-Davidson em produção, pode ser descontinuada após o ano modelo 2021.

Em comunicado, a marca declarou que “como parte do plano de reestruturação, a Harley-Davidson não comenta mais sobre produtos futuros antes do seu lançamento. Estamos empenhados em liderar a eletrificação de motos. Como pioneiros no setor, estamos orgulhosos das realizações da LiveWire até o momento, incluindo ser a elétrica número 1 em vendas nos EUA e ter uma resposta global extraordinária. Partilharemos mais informações junto com nossa estratégia de negócios de 5 anos, The Hardwire, no início de 2021”.