A futura Honda Rebel 1100 vai ter o motor da Africa Twin

A futura Honda Rebel 1100 vai ter o motor da Africa Twin

A Honda atualmente possui apenas um único modelo customizado para o mercado europeu, a Rebel 500, uma moto que equipada pelo mesmo motor da CBR500R que oferece uma posição de condução confortável e baixa.

Nos EUA a Honda ainda oferece modelos customizados com maior cilindrada que já desapareceram na Europa, como a Shadow 750 ou a Fury 1300, mas no nosso mercado a oferta é limitada única e exclusivamente à Rebel 500, portanto a Honda já trabalha num modelo com maior cilindrada e performance aproveitando um dos seus motores de última geração.

HondaRebel

Graças às patentes que foram divulgadas, afirmamos que a Honda esta a trabalhar numa futura Rebel 1100 (Já divulgado por nós anteriormente) que utilizará o mesmo motor bicilíndrico da Africa Twin 1100, que debita 101 cv de potência e cujo caráter casará bem com o estilo de uma custom graças ao seu binário máximo de 105 Nm a apenas 6.250 rpm.

Os desenhos obtidos mostram que a Rebel 1100 virá equipada com o sistema de transmissão de embraiagem dupla DCT da Honda já usada na Africa Twin. Basta ver a ausência da manete da embraiagem para perceber que esta nova Rebel oferecerá transmissão semiautomática por meio de botões de controle, ficando o condutor dispensado de acionar a embraiagem para aumentar ou diminuir as velocidades.

PatenR

Os esboços apresentados pela Honda revelam uma moto cruiser de aspeto tradicional, muito parecida com a atual Rebel 500, embora alguns elementos como as pinças radiais dianteiras e a presença de um único radiador dianteiro em vez do radiador duplo se destaquem com o motor da África.

Em geral, a moto parece mais larga e maior do que a Rebel 500, também ostenta um escape generoso no lado direito que se esconderá dentro de um dos muitos catalisadores que a Rebel 1100 deve montar para passar na homologação Euro5.

Quando é que chegará aos nossos concessionários? Neste momento, as únicas informações disponíveis sobre a Rebel 1100 residem nestas patentes, então será impossível vê-la até final de 2021 a menos que a Honda tenha sido capaz de conduzir o seu desenvolvimento sob o mais absoluto dos segredos.

PatenteRe

Talvez, se a marca japonesa avance com esta Rebel 1100, lá para meados de 2021, juntando-se assim à Rebel 500 para expandir a gama personalizada da Honda na Europa.