MotoE: Matteo Ferrari vence em Misano

MotoE: Matteo Ferrari vence em Misano

O campeão mundial de MotoE em título vence o GP de San Marino contra Simeon e o líder Aegerter e passa para o segundo lugar geral.

Matteo Ferrari (TRENTINO Gresini MotoE) está de volta. O atual campeão mundial da FIM, Enel MotoE, rapidamente virou a página sobre o incidente ocorrido no Red Bull GP da Andaluzia ao assinar uma importante vitória no GP da Lenovo de San Marino e na Riviera Rimini que o prolonga num idílio particular com Marco Simoncelli no Circuito Mundial de Misano, onde no ano passado marcou uma dobradinha importante para conquistar o título.

Ferrari veio para este evento muito motivado e já mostrou do que é capaz neste sábado ao assinar o E-Pole. A penalidade de 3 posições que arrastou da segunda volta em Jerez fez com que largasse em 4º, mas muito rapidamente revelou as suas intenções acabando por conquistar uma vitória que lhe permite ficar em 2º da geral, em detrimento de Jordi Torres (Pons Racing 40), A 12 pontos de Dominique Aegerter (Dynavolt Intact GP) que salvou a liderança ao subir ao pódio na 3ª posição, atrás de Xavier Simeon (LCR E-Team).

Os pilotos da categoria elétrica proporcionaram uma corrida bastante limpa, com um grande grupo de frente que disputou a vitória até o final. Aegerter teve um pequeno choque inicial que o fez desistir de alguma posição, enquanto Mattia Casadei (Ongetta SIC58 Squadracorse), que largou na liderança devido à sanção, tentou abrir uma lacuna distanciando-se 6 décimos. Seria uma mera miragem.

Com o novo pódio, Aegerter consolida a liderança com 57 pontos, 12 a mais que os 45 de Ferrari que se torna 2ª depois de vencer Jordi Torres (43). O espanhol, de qualquer forma, ainda está bem dentro da luta 14 pontos atrás da liderança, enquanto Casadei (38) é 4º a 19º do estreante suíço antes de enfrentar duas corridas no próximo domingo na mesma etapa.

TOP -10 da corrida:
 
1. Matteo Ferrari – (TRENTINO Gresini MotoE) 
2. Xavier Simeon – (LCR E-Team) – +0.213
3. Dominique Aegerter – (Dynavolt Intact GP) – +0.372
4. Jordi Torres – (Pons Racing 40) – +0.474
5. Mattia Casadei – (Ongetta SIC58 Squadracorse) – +0.606
6. Mike Di Meglio – (EG 0,0 Marc VDS) – +0.780
7. Alessandro Zaccone – (TRENTINO Gresini MotoE) – +4.393
8. Alex De Angelis – (OCTO Pramac MotoE) – +4.476
9. Tommaso Marcon – (Tech3 E-Racing) – +4.915
10. Eric Granado – (Avintia Esponsorama Racing) – +5.056