Aprilia mantém fé na inocência de Iannone e diz que Wada faz de tudo para atrapalhar

Aprilia mantém fé na inocência de Iannone e diz que Wada faz de tudo para atrapalhar

O diretor-executivo da Aprilia, Massimo Rivola mostra-se confiante do sucesso de Andrea Iannone no recurso apresentado ao Tribunal Arbitral do Desporto. O piloto italiano está suspenso por 18 meses por doping.

A Aprilia ainda não desistiu de esperar por Andrea Iannone. O diretor-executivo da equipa de Noale, Massimo Rivola apostou na vitória do italiano no recurso ao Tribunal Arbitral do Desporto e acusou a Agência Mundial Antidoping de “atrapalhar” o piloto.

Em novembro do ano passado, Iannone testou positivo para uma “substância não especificada nos termos da seção 1.1.a) esteroides androgénicos anabólicos exógenos (AAS)” num exame feito no fim de semana do GP da Malásia de MotoGP. A defesa pediu a contraprova, que confirmou o doping do italiano.

No exame de urina, foi detetado o esteroide anabolizante injetável drostanolona, que é muito comum no fisiculturismo por ser eficaz no crescimento muscular.

Desde o início, a defesa alega que a droga entrou no sistema de Iannone por meio do consumo de carne animal durante os dias em que passou pela Ásia, entre os GPs da Tailândia e da Malásia. Além dele, outros oito pilotos foram testados em Sepang, Romano Fenati, Ai Ogura, Marcos Ramírez, Remy Gardner, Joe Roberts, Xavi Vierge, Jorge Lorenzo e Marc Márquez, todos com resultado negativo.

A FIM (Federação Internacional de Motociclismo), então, aplicou uma suspensão de 18 meses, o que levou Iannone ao Tribunal Arbitral do Desporto para tentar reverter a condenação. A Wada, entretanto, também recorreu e quer uma punição de até quatro anos.

Aprilia MotoGP

Apesar da situação incerta, a Aprilia continua à espera. Por enquanto, a fábrica italiana tem nomeado Bradley Smith, piloto de testes da equipa, para a vaga de Iannone, mas ainda não foi ao mercado de pilotos à procura de um substituto para 2021.

“Nós estamos à espera por Andrea. A Agência Mundial Antidoping está a fazer de tudo para atrapalhar o piloto”, disse Rivola ao canal de televisão Sky Italia. “Vamos pensar num plano B se ele não estiver connosco. Obviamente, o momento coloca-nos um grande entrave. E, infelizmente, não temos um prazo tão grande como isso.”, explicou.

Rivola ainda disse confiante no sucesso de Iannone e no recurso, já que a equipa de defesa tem meios de rebater as acusações feitas contra o #29.

“O comitê científico que Andrea reuniu junto com o seu advogado é mais do que eficiente. Eles estão prontos para desmantelar qualquer acusação feita contra ele”, assegurou Rivola.

“A sensação é que a WADA, que tem um importante poder político, está a fazer de tudo para nos fazer perder tempo e para fazer Iannone pagar algum tipo de pena. Pessoalmente, estou confiante de que ele vai vencer o recurso”, concluiu.

No mês passado, abordamos a situação de Iannone. Especialistas ouvidos pela reportagem afirmaram que, embora possível, é improvável que Andrea tenha sido contaminado por conta de uma carne que comeu.