URBET NURA: nova moto desportiva elétrica espanhola com 190 km de autonomia

URBET NURA: nova moto desportiva elétrica espanhola com 190 km de autonomia

A marca andaluza URBET entra no mercado de pequenas supermotos elétricas, equivalentes ao motor de combustão de 125 cc, com um design arrojado, motor potente e a melhor tecnologia disponível. A URBET continua a sua expansão, aumentando gradualmente a gama de modelos para cobrir as categorias mais exigentes no crescente mercado de veículos elétricos.

Como na restante linha URBET, a NURA foi fabricada na Ásia, seguindo as indicações do departamento de design da empresa espanhola com sede em Málaga e supervisionada para atender aos mais altos padrões de qualidade.

Prototipo_URBET_NURA1

A URBET NURA é alimentada por um potente motor HUB QS com 8 kW de potência nominal que permite atingir uma velocidade máxima de 140 km/h, enquanto a bateria integrada de 72V e 100aH oferece autonomia mínima de 120 km e no máximo 190 km, de acordo com o tipo de condução.

O carregador da bateria é incorporado na moto e é alimentado por uma ligação Mennekes Tipo 2, a mais popular e com mais pontos de recarga na Europa. A desaceleração regenerativa, três modos de condução, marcha atrás para facilitar o estacionamento, completam as caraterísticas da URBET NURA.

Prototipo_URBET_NURA3

O quadro tubular de aço monta um braço oscilante de alumínio, enquanto as suspensões incorporam uma forquilha invertida no eixo dianteiro.

A travagem possui um sistema ABS, com dois discos dianteiros e pinças radiais de pistão duplo, com um disco único de pistão na traseira. Ambas as rodas são de 17 polegadas e montam pneus com medidas 110/70 na frente e 150/70 na traseira. Por fim, destaque-se a iluminação completa em LED, o painel de instrumentos com ecrã LCD e o alarme com bloqueio do motor.

Prototipo_URBET_NURA4

A URBET NURA será lançada no próximo mês de agosto ao preço de 8.750€, com IVA incluído.

A marca andaluza, que atualmente fabrica os seus modelos na Ásia, terá uma fábrica em Málaga a partir do fim do próximo ano e, assim terá uma ampla gama que abrange as principais categorias de motos elétricas.