Superbikes: BMW confirma Van der Mark para 2021

Superbikes: BMW confirma Van der Mark para 2021

Michael Van der Mark ficou sem equipa por pouco tempo. Menos de uma semana após o anúncio da sua saída da Yamaha, o holandês já tem uma nova moto para a temporada 2021 no Mundial de Superbike. Foi confirmado como piloto da equipa oficial da BMW para o próximo ano, e terá uma S 1000 RR à sua disposição.

Campeão de Supersport em 2014, o holandês estreou-se no Mundial de Superbike em 2015, e desde então disputa a categoria, onde conquistou três vitórias e 29 pódios, além de duas vitórias nas 8 Horas de Suzuka com a equipa da Yamaha.

Marc Bongers, diretor da BMW Motorrad Motorsport, afirma que a marca alemã está muito satisfeita em contratar um piloto como Van der Mark, que sempre teve posição de destaque na categoria nos últimos anos. “Estamos convencidos de que Michael é bom para o nosso projeto. Juntos podemos alcançar bons resultados”, comenta o responsável.

Já Shaun Muir, chefe da BMW Motorrad WorldSBK Team, destaca que o holandês é um piloto que mescla juventude e talento. “A segurança em Michael enfatiza o nosso foco e determinação em lutar por algo mais no campeonato, e daremos a ele todas as hipóteses de alcançar este objetivo”, finaliza.

Com a confirmação de Van der Mark na BMW, agora são cinco pilotos que têm as suas posições definidas para a temporada 2021 do Mundial de Superbike. Além do holandês, estão garantidos Alex Lowes e Jonathan Rea na Kawasaki, Scott Redding na Ducati e Toprak Razgatlioglu na Yamaha.

O segundo piloto da equipa alemã ainda não foi confirmado, ou seja, Tom Sykes e Eugene Laverty terão de disputar a vaga na sua atual equipa ou procurar uma nova para o ano que vem.