NERA, a primeira moto construída por uma impressora 3D

NERA, a primeira moto construída por uma impressora 3D

Empresa alemã quer demonstrar que a tecnologia de impressão 3D pode ser usada para reduzir custos na indústria de peças, em vários tamanhos. A NERA é o exemplo.

Uma moto construída por uma impressora 3D. Parece uma cena de um qualquer filme de ficção científica, mas é bem real. Chama-se NERA e é uma moto elétrica construída pela BigRep. Esta start-up alemã quer levar esta tecnologia da impressão 3D às massas.

Esta empresa vem apostando em novas soluções de transporte com base nas suas impressoras. São já vários os objetos/máquinas do género já criados pelos alemães, desde a estrutura externa de uma moto BMW, o nariz de um carro de fórmulas de competição ou até uma plataforma de carga de 1 metro de comprimento e 80 centímetros de largura, que aguenta uma carga de até 200 quilos e que pode ser usada de forma autónoma.

Nem os pneus “escaparam” à impressora 3D

Ainda assim, a menina bonita da BigRep é a NERA. Com exceção da bateria e do motor elétrico, todos os componentes da moto elétrica foram criados pela impressora 3D, incluindo os pneus (sim, leu bem). Até mesmo os pneus desta moto foram criados com recurso a esta tecnologia. São feitos em “forma de colmeia”, caraterística mais usual em pneus de carros militares e dos famosos Rover’s que exploram Marte.

Por fim, a intenção principal desta empresa é demonstrar que a tecnologia de impressão 3D pode ser usada para reduzir custos na indústria de peças, em vários tamanhos. A NERA é disso exemplo, ainda que necessite de uma adaptação do condutor, visto não ter uma grande estabilidade. Ainda assim, é um passo importante.