Motos novamente em ação no circuito de Barcelona

Os países europeus começam a diminuir a quarentena e a permitir o regresso das atividades desportivas, o que vale também para o motociclismo. Se vários pilotos de MotoGP já se estão a preparar em Andorra, com a supermoto, também o Circuito da Catalunha, em Montmeló (Barcelona) reabriu as portas e recebeu os primeiros treinos.

Em ação, a campeã mundial de Supersport 300cc (WSSP 300) de 2018, Ana Carrasco, com a sua Kawasaki Ninja 400. E dois nomes das categorias intermediárias do MotoGP, o espanhol Xavi Vierge (Moto2) e o argentino Gabriel Rodrigo (Moto3), sem as máquinas habituais. Vierge foi à pista com uma moto supersport 600cc.

circuitodeBarcelona (2)

“Foram quase três meses sem tocar na moto e fazia uma grande falta”, comentou Ana. Rodrigo (Gresini Honda) disse que, num certo momento, chegou a acreditar que o dia nunca iria chegar. Já Vierge (Petronas Spinta) resumiu a sensação. “Voltei a sentir-se livre, ter a adrenalina de estar em pista”. Com as regras atuais de prevenção e proteção, mecânicos e pessoal de apoio usaram máscaras e respeitaram o distanciamento mínimo. Novas sessões de treino estão previstas para os próximos dias, à espera do regresso das competições.