Jantar de Reis e 21ª Gala de Prémios do Moto Clube do Porto

 

1

Mais uma vez o Jantar de Reis do Moto Clube do Porto foi o palco de homenagem aos sócios que mais se distinguiram em 2019, durante a 21ª Gala de Prémios neste sábado, 11 de janeiro de 2020, assinalando, ao mesmo tempo, o arranque de um novo ano.

Pudemos contar não só com aqueles que vivem no Grande Porto mas também com alguns dos muitos sócios que temos espalhados pelo país, o que é sempre agradável e reforça os laços de amizade com aqueles com quem não convivemos tão regularmente. O paladar dos presentes foi testemunha dos sabores servidos no Restaurante San Gallo, local escolhido para este jantar/homenagem, antecipando o momento alto da noite, a já tradicional Gala de Entrega de Prémios àqueles que, pela sua entrega ao Clube, mais se distinguiram ao longo do ano.

 

2

A cerimónia começou com a distinção de um exemplo de dedicação ao Clube e à Família, verdadeiro “faz-tudo”, pronto a ajudar a conduzir uma caravana, a colaborar na Equipa de Atletismo, a participar (ajudando sempre que necessário) nos passeios e que, para poder estar com a família a inscreveu no clube de modo a poderem, cada um na sua moto, participar nos eventos e partilhar esses momentos em família. Mais que justificado o Prémio “Família sobre rodas” para o Paulo Mendes, partilhado com a Neuza, o Tiago e o Nuno; estes sócios, como muitos outros, não regateiam esforços para fazer o melhor em prol do Moto Clube do Porto, estando presentes na Concentração dos Pinguins a “marcar” pontos para a nossa corrida a Campeões do Mundo de Touring, ficando por isso mesmo ausentes do nosso jantar!

 

3

Seguiu-se o Prémio “Juventude-Futuro” entregue a Luís Filipe Pires, jovem que desde cedo quis participar ativamente na vida do clube, integrando, logo que lhe foi possível, a Equipa de apoio ao Atletismo; é deste “sangue jovem” que o Moto Clube do Porto necessita, de modo a trazer novas ideias e objetivos e manter o clube na vanguarda do motociclismo nacional.

 

4

O Prémio “Omnipresença” coube a uma das caras mais conhecidas, e representativas, do clube; este galardão premiou o sócio que ao longo de 2019 participou em mais eventos e foi o Carlos Gomes quem menos eventos falhou ao longo do ano; ele não consegue viver longe do “seu” Moto Clube, deixou os Corpos Sociais mas continuou ainda mais presente na vida do MCP.

Foi então tempo de entregar o Prémio mais esperado, o de “Sócio do Ano”. Há muitos associados que, longe da vista mas perto do coração, ajudam a levar longe do nome do Moto Clube do Porto e que, menos importante,

 

5

contribuem para o seu engrandecimento; outros que, pelo contrário, estão presentes quase semanalmente na sede, nos passeios, a ajudar nos eventos e, ainda, propondo e organizando passeios. O Sócio do Ano, ao longo dos (já longos) anos de associado, divididos em duas fases bastante distintas, é o exemplo deste segundo tipo de sócios, “cliente” assíduo da sede social, colaborador da Equipa de apoio ao Atletismo, participante em passeios e integrando a equipa organizativa em eventos como o MotoTour das Nações, estreou-se em 2019 a organizar a “N2”. Obrigado Paulo Beigel por todo o empenho que pões para ajudar a engrandecer o Moto Clube do Porto.

E assim terminou este Jantar de Reis, primeiro evento de 2020. O ano vai continuar já na próxima 6ª feira com a Assembleia Geral e apresentação do Plano de Atividades para 2020. Apareçam!

Vamos envidar todos os esforços para oferecer mais e melhor aos sócios; mais e melhores passeios, das mais descontraídas saídas domingueiras às viagens internacionais, mais e melhores descobertas gastronómicas ou os mais diversos eventos na sede, a todos procuraremos dar um toque especial; e como já foi amplamente divulgado, vamos tentar vencer o Prémio Touring da FIM, tentando dignificar sempre o nome do MCP em qualquer parte do planeta.

Moto Clube do Porto