Tapava matrícula com esponja presa por elásticos para não pagar portagens

Homem fugiu da GNR durante 11 quilómetros. Acabou detido.

Um homem de 44 anos foi detido pelo Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Setúbal, através do Destacamento de Trânsito, por condução de motociclo com a matrícula encoberta, no passado domingo, dia 12. O suspeito tinha “a intenção de não pagar as taxas da autoestrada, em Almada.

GNR-Setúbal-Apreensão-de-motociclo

Na sequência do patrulhamento na A2, “os militares visualizaram um motociclo que circulava com a chapa de matrícula encoberta por uma esponja presa com uns elásticos de modo a que não fosse possível a sua visualização”, começa por revelar a GNR num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

Após ter recebido uma ordem de paragem, dada pelos militares, o condutor iniciou uma fuga que prosseguiu durante 11 quilómetros. Depois, foi intercetado.

O condutor “fazia uso dos acessórios na chapa de matrícula” para não pagar portagens, causando “um prejuízo para as entidades reguladoras da via”.

O detido foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Almada.

A ação contou com o apoio do Polícia de Segurança Pública.